Comer & Beber

E assim foi criado o hoje famoso dadinho de tapioca

Anúncio (1)O dadinho de tapioca servido com geleia é facilmente encontrado, hoje em dia, em cardápios de bares e botecos Brasil afora. Mas não é uma daquelas receitas cuja origem se perde na história. É possível dizer exatamente onde ele surgiu. Em São Paulo, comecinho dos anos 2000.

A história começa quando o chef Rodrigo Oliveira, do restaurante Mocotó, casa paulista de inspiração nordestina, ainda estava na faculdade de gastronomia. Uma colega comentou com ele sobre um bolinho que tinha tudo a ver com o Mocotó, feito com tapioca, leite, queijo minas, ovos, manteiga e massa boleada.

“Fiz uma versão com queijo coalho e comecei a oferecer no restaurante, mas sem colocar no cardápio. Acontece que a massa era melindrosa, tinha de bolear rápido, pois logo perdia o ponto. Um dia tive que sair da cozinha enquanto fazia a receita…”, conta Rodrigo.

Quando ele voltou, a massa tinha virado uma placa dura. Rodrigo pensou em jogar no lixo, mas se lembrou da polenta, que é espalhada na assadeira, cortada e frita. “Resolvi testar e fiz um ‘tijolinho’ frito que ficou gostoso.”

Testes e mais testes depois, o chef chegou a uma fórmula mais simples, feita somente com tapioca, leite e queijo coalho. Teve também a ideia de usar uma pitada de pimenta-do-reino branca “que tem uma afinidade tremenda com os lácteos”, ele diz.

Embora o “tijolinho” agradasse, o formato de dadinho acabou sendo adotado depois que uma amiga de Rodrigo provou e sugeriu que seria perfeito se fosse mais crocante. O chef teve então a ideia de cortar o “tijolinho” em três cubos. Não só ficou mais crocante, como também mais fácil de fazer.

“Uma curiosidade engraçada é que uma vez fomos convidados para participar de um festival de música famoso de São Paulo e mandamos nosso menu. A organização do evento falou que não poderíamos ter o dadinho, pois já tinha alguém servindo. Eu dei bastante risada”, ele conta.

Rodrigo dz que é questionado por muita gente se não tem ciúme da receita ter se espalhado pelo Brasil todo. “A verdade é que me enche de orgulho ver os dadinhos por todos os cantos do país e até em outros lugares do mundo”, garante.

A receita do bolinho de tapioca do Mocoto hoje em dia também pode ser facilmente encontrada em sites populares de culinária, como o Cybercook, de tiramos a foto que ilustra este post. Mas o original pode ser provado na Avenida Nossa Senhora do Lorêto, 1100, Vila Medeiros, em São Paulo, endereço do Mocotó.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: