Música

Brasília 61 anos: a cidade cantada por quem vive nela

“Céu de Brasília, traço do arquiteto” (Djavan), “da próxima vez que eu for a Brasília, trago uma flor do cerrado pra você” (Caetano Veloso), “Qual é o seu nome? Me chamo Brasília” (Alceu Valença). Grandes nomes da música nacional já cantaram Brasília, mas as canções mais interessantes sobre a capital do Brasil são aquelas feitas por quem vive o cotidiano da cidade. Confira essas três (na foto, a fonte da Torre de TV, por Roberto Castro/MTUr/Divulgação).

Leia também:
Playlists: Uma breve história musical de Brasília
Amanhecer e entardecer em Brasília numa bela série de fotos
Brasília através do olhar de 10 fotógrafos

“Se o trânsito é minha sina Se eu moro quase na China/ É que eu sou de Planaltina!/ De Planaltina!/ Se o papai paga a facul / Se no combo tem red bull Eu moro no Lago Sul! / No Lago Sul!” (Melô do DF, de TJ Fernandes)
Conheça o artista

“Eu subo o eixao, o eixinho, o balão da entrequadra / A tesourinha já ta toda engarrafada / Na 108, eu vou na barraquinha / Lanche gostoso da famosa igrejinha / Fim de semana, a cidade tá parada / Nego reclama que aqui não tem balada! / Não vai de carro por causa de blitz / Esquema é carona, 3030 ou papai juiz” (Brasília, de Caio Chaim)
Conheça o artista

“O céu de Brasília é o mar/ O mar de Brasília é o céu/ A letra da minha poesia/ Calango cantando em cordel/ Eu não sei por que gostei tanto daqui…” (Céu de Brasília, de Helyr Tavora e Joni Lammas)
Conheça o artista

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: