Cinema

11º Cinefantasy destaca trabalho de mulheres no cinema fantástico

As mulheres ganham destaque na 11ª edição do Cinefantasy – Festival Internacional de Cinema Fantástico, que vai até o dia 29/04, online, na plataforma Belas Artes à La Carte. A programação traz 12 títulos dirigidos por mulheres, entre longas e curtas, de países como Peru, Canadá, EUA, Indonésia, Catar, Brasil, Emirados Árabes, Austrália e Costa Rica.

Títulos como os documentários O Psicopata, de Estefanie Céspedes (Costa Rica), sobre o primeiro caso de serial killer registrado na história da Costa Rica, e Morgana, das australianas Isabel Peppard e Josie Hess (Austrália), sobre uma dona de casa que, aos 50 anos, se reinventou como estrela pornô feminista.

Há ainda produções brasileiras codirigidas por mulheres, como o longa de ficção Voltei!, de Glenda Nicácio e Ary Rosa (Bahia), gravado no recôncavo baiano, em que duas irmãs são surpreendidas por outra irmã, que volta do mundo dos mortos.

Outro longa de ficção com mulheres na codireção é Rodson ou (Onde O Sol Não Tem Dó), de Clara Chroma, Cleyton Xavier e Orlok Sombro (Ceará), sobre um garoto com instinto artístico reprimido pela sociedade ao seu redor e que sai em busca da alucinação perfeita sob o Sol de 2000°C, nos pré-anos 3000.

As mulheres também ganham espaço com a  mostra de curtas Mulheres Fantásticas, uma seleção de oito títulos. Um deles é o indonésio Rong (foto no alto) , de Indira Iman. Os outros são produções do Peru, Canadá, Estados Unidos, Catar, Brasil, Emirados Árabes e Costa Rica. Todos realizados exclusivamente por mulheres.

E no dia 24/04 (sábado), às 20h, acontece o debate “As Mulheres no Cinema Fantástico”, com a participação de Cíntia Domit Bittar, Glenda Nicácio e Mavi Simão, com a mediação de Beatriz Saldanha.

Ao todo, o 11º Cinefantasy exibe mais de 150 filmes nacionais e internacionais, entre longas e curtas; faz uma homenagem ao diretor Neville D’Almeida e traz na programação, também, atividades paralelas gratuitas de encontros, debates, workshops com nomes como Rodrigo Teixeira (RT Features), Grace Passô, Jefferson De, a escritora Robin R. Means Coleman, entre outros.

Para acessar os filmes é preciso ser assinante da plataforma Belas Artes à La Carte — R$ 9,90 no plano mensal ou R$ 108,90 na assinatura anual. Já as atividades paralelas são gratuitas e ocorrem nas redes sociais do festival: Facebook, Instagram e YouTube. A programação completa está no site oficial do Cinefantasy.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: