Comer & Beber

Conheça o mapa das Indicações Geográficas (IG) brasileiras

Os biscoitos de São Tiago (MG, na foto); o camarão da Costa Negra, no Ceará; a bala de banana de Antonina (PR); a linguiça de Maracaju (MS); o café da região do Cerrado Mineiro; a cachaça de Paraty (RJ)… Cresce cada vez mais o mapa de Indicações Geográficas (IG) do Brasil.

A Agência CNI de Notícias produziu e publicou excelente material sobre o tema no ano passado, traçando um panorama das IGs brasileiras. Agora é o Sebrae que coloca esse mapa à disposição do público com o recém-lançado Portal Sebrae Origens.

O portal traz uma lista de todos os produtos — alimentos, bebidas, artesanatos e serviços — que conquistaram a IG no país. Traz também um histórico da importância desse reconhecimento (dado pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial — INPI) para a região onde cada um é produzido.

As IGs se dividem em Indicação de Procedência (IP), para regiões que se tornaram conhecidas como centro de produção, fabricação ou extração de um produto ou prestação de serviço, e Denominação de Origem (DO), quando é comprovado que as qualidades e características do produto ou serviço são determinadas pelo meio geográfico.

Atualmente, a obtenção da IG é importante para os pequenos negócios por ser considerada um diferencial competitivo, que garante mais oportunidades para as regiões. Além disso, permite a valorização dos produtos tradicionais brasileiros e a herança histórico-cultural, protegendo as regiões produtoras.

“Pretendemos atingir, com esse site, todos os brasileiros potenciais consumidores das IGs, na forma de acesso aos seus produtos e de visitas a essas regiões, assim como os pequenos negócios que comercializam esses produtos, tais como restaurantes, bares, cafés, confeitarias, hotéis, lojas de produtos artesanais”, ressalta Hulda Giesbrecht, analista de inovação do Sebrae.

De acordo com ela, o site pode ser expandido com versão em outros idiomas, como espanhol e inglês para alcançar mercados no exterior. “Vamos ampliar sempre que novas IGs forem reconhecidas pelo INPI. O site poderá ser usado como uma referência para os brasileiros programarem suas viagens para conhecer regiões com produtos únicos e vivenciar o saber-fazer das pessoas que lá vivem”, acrescenta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: