Planeta Flix

Amor de Mãe: time do bem abre as pernas e vilões fazem 7×1

Não sei vocês, mas eu ando sem paciência para vilões de filmes, séries e novelas. Na vida real, vivemos um tempo sombrio, com um vilão-mor que já nos tira o sono com os estragos que causa. Além de nos obrigar a arrancar do fígado coragem, paciência, tolerância, resiliência…

Por isso, atualmente, só consigo assistir a novela Amor de Mãe (Globo) no streaming, na Globoplay, para poder adiantar aquelas partes que não tenho estômago pra ver. Ou seja, as sequências de Telma (Adriana Esteves) e Álvaro (Irandhir Santos).

Antes de sair do ar devido à pandemia do coronavírus, Amor de Mãe vinha muito bem até começar a transformar Telma em uma nova Carminha (personagem da mesma Adriana Esteves em Avenida Brasil), como recurso para segurar a audiência.

E nesta fase final virou um jogo sádico, em que os personagens do bem facilitam o quanto podem para os vilões marcarem gol. Numa novela que se pretende realista, a obsessão de Carminha tomou um rumo dos mais esdrúxulos. Ela parece mais vilã de novela mexicana, que mata como quem bebe água.

E tem a seu favor a ingenuidade ou burrice dos que atravessam seu caminho. Peraí? Como é que ela conseguiu ludibriar e matar a melhor amiga, que sabia com quem estava lidando? Mas, o supra-sumo do sadismo da autora, Manuela Dias, diz respeito à relação da vilã com Lurdes (Regina Casé).

Como é que, depois de esperar por mais de 20 anos para encontrar o filho, uma mulher decidida como Lurdes aceitaria “esperar mais um pouquinho” para revelar a verdade, a pedido da falsa amiga, que sabia de todo o martírio dela — e, mesmo assim, não só escondeu o jogo como fez o que pôde para impedi-la de chegar a seu objetivo? Pelamordedeus!

Há que se reconhecer que, na fase final, Amor de Mãe conseguiu assimilar com bastante naturalidade a questão da pandemia do coronavírus, mas erra feio nessa questão da vilania. È preciso ser muito masoquista para acompanhar uma trama em que a turma do bem abre as pernas o tempo todo para deixar os vilões fazerem um 7×1.  Estamos precisando é de leveza.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: