Planeta Flix

Globoplay inclui no catálogo pacotão com clássicos brasileiros

Por estes dias falamos aqui de filmes brasileiros na Netflix e demos uma lista de títulos que estão lá e dão uma amostra do cinema nacional produzido neste século. Pois a Globoplay viajou de volta no tempo e trouxe para seu catálogo um pacote de filmes brasileiros dos anos 1950 a 1990, incluindo alguns clássicos da nossa cinematografia.

Destaque para quatro obras de Nelson Pereira dos Santos — Rio Zona Norte, Rio 40 Graus, Vidas Secas e Memórias do Cárcere — e três de Bruno Barreto — Dona Flor e Seus Dois Maridos, O Beijo no Asfalto e O que É Isso, Companheiro? — bastante representativas na filmografia de cada um.

Veja a lista completa do que está entre as novidades da Globoplay:

Rio 40 Graus (1955), de Nelson Pereira dos Santos
Rio, Zona Norte (1958), de Nelson Pereira dos Santos
Vidas Secas (1963, foto), de Nelson Pereira dos Santos
Dona Flor e Seus Dois Maridos (1976), de Bruno Barreto
O Que é Isso Companheiro (1997), de Bruno Barreto
Bye Bye Brasil (1980), de Cacá Diegues
O Beijo no Asfalto (1981), de Bruno Barreto
Menino do Rio (1982), de Antonio Calmon
Inocência (1983), de Walter Lima Jr.
Memórias do Cárcere (1984), de Nelson Pereira dos Santos
O Quatrilho (1995), de Fábio Barreto

E tem ainda três filmes deste século 21, sendo dois recentes:

Amarelo Manga (2002), de Cláudio Assis
Órfãos do Eldorado (2015), de Guilherme Cezar Coelho
5 Vezes Chico: O Velho e Sua Gente (2015), de Ana Rieper, Camilo Cavalcante, Gustavo Spolidoro
Love Film Festival (2018), de Bruno Safadi, Manuela Dias e Vinicius Coimbra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: