Sem categoria Visuais

Carmen San Thiago lança calendário poético de Brasília

A artista plástica rondoniense Carmen San Thiago ficou em casa durante a quarentena, como recomendado, mas sua cabeça continuou circulando pelas vias de Brasília, onde mora. Desses passeios imaginários ela tirou matéria-prima para 12 desenhos que produziu nesse período, em pintura acrílica sobre tela.

Tesourinhas, ipês em floração, o vaivém de pedestres na Rodoviária do Plano Piloto e em paradas de ônibus, o foguetinho do Parque da Cidade… O cotidiano da capital é mostrado de forma delicada e poética na série batizada de Bsb 2020 e que Carmen está lançando em formato de calendário.

As ilustrações são apresentadas em 12 lâminas de papel couchê, que ela autogafa no próximo sábado (12/12) na Banca Conceição, na 308 Sul. Carmen estará lá das 10h às 18h. O período longo é para evitar aglomerações.  O calendário será vendido a R$ 65.

Coração urbano
A paixão pela paisagem urbana da cidade vem dos tempos em que Carmen San Tiago era aluna da Faculdade Dulcina de Moraes. Foram sete anos em que, antes ou depois das aulas, ela passava invariavelmente pelo Conic, Rodoviária do Plano Piloto, Conjunto Nacional…

“Sempre tive esse olhar muito específico para as pessoas que transitam pela cidade e essa experiência contribuiu bastante para essas percepções”, afirma a artista, que se pautou na mudança de estações para criar as ilustrações de cada mês.

“Há 10 anos tenho observado os meses em Brasília e o encanto das cores dessas estações. A cidade pode ser muito verde em determinada época, muito vermelha e muito deserta. Consigo observar essas cores dependendo de seu estado climático”, explica.

Carmen San Tiago

Paixão por Brasília
Brasília é tema constante na obra da artista. Em 2013, por exemplo, ela fez Tatus de Brasília, trabalho em que mostrava habitantes da cidade circulando pelas passarelas subterrâneas do Plano Piloto. Em 2016, produziu a série Cidade Relicário, na qual lançava olhar humanizado no papel urbano das paradas de ônibus.

Outro elo entre o trabalho de Carmen e a paisagem brasiliense é o recorrente uso do Foguetinho do Parque da Cidade em suas telas. “Tenho hábito de pintar muitas vezes o mesmo local, sempre trazendo outras histórias dentro do tema. Nunca repito o que acontece no foguetinho, por exemplo. O que faz ele mudar são as pessoas que circulam nele”, ressalta.

Quem quiser conhecer mais sobre o trabalho da artista plástica Carmen San Thiago, que é também ilustradora e diretor de arte, basta acessar o site da artista. Eles também ser vistos presencialmente, com hora marcada, no ateliê A Caixa do Olho, na 308 Norte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: