Teatro

Alexandre Ribondi: “mais ousado” em nova versão de Virilhas

O texto Virilhas, de Alexandre Ribondi, já ganhou seis montagens nos últimos anos. Escrita originalmente com dois personagens masculinos, já teve, inclusive, versão feminina. Mas desde 27 de novembro Virilhas está sendo vista de forma peculiar, em montagem criada especialmente para o universo online.

Dirigidos pelo próprio Ribondi, os atores Marcos Davi e Leonardo Vieira interpretam dois homens que se encontram presos num apartamento e são obrigados a confrontar vontades opostas no que se refere à condução de seu relacionamento. Um confronto pontuado por sensualidade, erotismo, solidão e desejos.

As últimas sessões da temporada internética acontecem dias 11 e 12 de dezembro, às 21h, ao vivo, pelo Sympla Streaming (ingressos a R$ 20 e R$ 10). A expectativa é que, assim que tenhamos uma vacina e acabe o isolamento social, a montagem ganhe também sessões presenciais no Espaço Cultural Casa dos 4.

Num papo rápido com o autor e diretor Alexandre Ribondi, ele nos conta por que retomar o texto e como foi a experiência de fazer teatro sem o calor da plateia. “Nessa última versão, tive mais coragem, mais ousadia e fui mais fundo na busca dessa intimidade masculina”, ele diz.

Equipe de Virilhas
Ribondi (de máscara branca) com a equipe de Virilhas

_________________________________

Por que, entre seus muitos textos, escolheu remontar Virilhas agora?
Mais do que nunca, temos, os homossexuais, que nos mostrar, nos exibir, ensinar a nossa beleza e sensualidade. Os tempos são perigosos, eu sei, há uma escalada de violência e de moralismo fétido, mas por isso mesmo temos que ir para a trincheira. Virilhas é isso: escancarar a porta, mostrar as virilhas, os pelos pubianos, as pregas e as rugas que temos.

Houve mudanças no roteiro para adaptar ao contexto de pandemia?
Coincidência ou não, as duas peças que montei nessa época de pandemia e confinamento (Luz Intrusa e Virilhas) são ambientadas em apartamento fechado de onde as personagens não podem sair – o que é uma experiência por que todos estamos passando (menos os irresponsáveis, infelizmente). Mas há um pequeno detalhe nessa atual montagem, sugerido pelo ator Leonardo Vieira Telles, que faz referência direta ao coronavírus. Só não vou dizer qual é porque teria que contar a peça inteira pra explicar.

A peça já teve várias montagens. Há alguma que lhe agrade em especial?
Eu e Rafael Salmona (o produtor, iluminador, criador visual) estávamos conversando outro dia e fizemos as contas. São seis montagens minhas e uma dele, em São Paulo. No meu caso, vou dar uma resposta de mãe sobre os filhos: gosto de todos! Mas confesso que nessa última versão, tive mais coragem, mais ousadia e fui mais fundo na busca dessa intimidade masculina. Mas desde a primeira montagem, há uns 10 anos, sou apaixonado por essa história de amor, desejo e violência.

Como foi a experiência de fazer teatro virtual?
Estou gostando muito de criar para a internet, com a câmera participando da cena. Os cameramen (Fernando Oliveira e Josias Silva) participam de todas as cenas, atuam com Marcos, David e Leonardo Vieira Telles, e participam da criação do espetáculo. Já vi muito mais filmes que peças de teatro ao longo da minha vida e, então, esse é o momento de relembrar grandes cenas que já assisti, desde a infância. Eu não sabia que eu era capaz de ter tantas ideias. Enfim, estou me divertindo e aprendendo.

E como é a experiência de apresentar na internet, sem sentir a reação do público?
Pois é. Costumo dizer que teatro é a arte de compartilhar os suores e os cuspes, é um ritual religioso. Tanto a igreja quanto o teatro precisam do milagre da comunhão e até mesmo do êxtase. Mas com Virilhas, que acontece no palco do teatro da Casa dos 4, nós sempre temos uma ou duas pessoas na plateia (com máscara, tapete  e muito álcool gel). E percebo que as reações são diferentes. Quem vê ao vivo passa por uma experiência diferente de quem vê pelo vídeo e não há o que se possa fazer a respeito. Teatro será sempre esse corpo a corpo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: