Comer & Beber Sem categoria

Terra Madre Brasil foca na cultura alimentar quilombola e indígena

Terra Madre Brasil 2020 já está no ar, desta vez, todo online. O evento é promovido anualmente pelo Slow Food Brasil e tem como foco principal a cultura alimentar. Questões relacionadas a produção, comercialização e consumo de alimentos serão tratadas em rodas de conversa, oficinas, atividades educativas e manifestações artísticas, desta terça-feira (17/11) até domingo (22/11).

O líder indígena, ambientalista e escritor Ailton Krenak, as chefs Bel Coelho e Bela Gil, o frade Frei Betto e os músicos Alessandra Leão, Chico César e Gilberto Gil e são alguns dos nomes que passam pela programação, parte ao vivo, com transmitissão pelo canal do Slow Food no YouTube, e parte já disponível no site do Terra Madre.

A produção alimentar em comunidades indígenas e quilombolas e a relação dessas culturas com o mercado de alimentação ganha foco especial nesta edição. Comida de Terreiro, por exemplo, é tema de encontro marcado para 20/11, às 16h, com a ialorixá Vanda Jovelino, a empreendedora Solange Borges e o chef e historiador Elmo Alves Silva.

Outros destaques da programação são a conversa entre Gilberto Gil e Airton Krenak em Diálogos do Terra Madre Brasil – Debaixo do Barro do Chão, programado para 21/11, às 18h30, e a exibição do curta Dois Riachões: Cacau e Liberdade, de Fellipe Abreu e Patrícia Moll, sobre a história do pré-assentamento Dois Riachões, no Baixo Sul da Bahia, seguida de debate com os diretores.

Frei Betto será o moderador do debate Diálogos do Terra Madre Brasil – Outros Caminhos Possíveis, dia 22/11, às 11h, com participações de Jera Guarani, agricultora, pedagoga e liderança da aldeia Tenonde Porã, e o cantor e compositor baiano Tiganá Santana– que se apresenta no mesmo dia às 18h30, em show ao lado de Alessandra Leão. Chico César também faz show, nesta quinta (17/11), às 19h30.

Quem não puder assistir ao vivo, tem a chance de ver depois pelo YouTube. Inclusive a abertura, que rolou nesta quinta, às 14h, com participações de, entre outros, Bela Gil, Carlo Petrini, fundador e presidente internacional do movimento Slow Food, Dionete Figueiredo, da cooperativa Copabase e líder na agricultura familiar, e Georges Schnyder, presidente da Associação Slow Food do Brasil.

Programação completa e mais informações estão disponíveis no site oficial do Terra Madre Brasil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: