Comer & Beber

Mercado de vinhos em Brasília ganha força com nova ABS-DF

Boa notícia para quem tem intenção de conhecer mais sobre o assunto e mesmo fazer carreira no mercado de vinhos: a Associação Brasileira de Sommeliers (ABS) passa a ter uma nova seção regional no Distrito Federal (ABS-DF). Como a ABS Brasília foi descredenciada pela ABS nacional em 2017, foi fundada oficialmente na semana passada a ABS-DF, com objetivo de capacitar mão de obra e promover eventos na área de vinhos e destilados.

Quem preside a entidade é Sérgio Pires, figura atuante no mercado de vinhos de Brasília, como distribuidor, palestrante, colunista e jurado em competições. Sérgio, inclusive, chegou a presidir a ABS Brasília. Empolgado com a nova fase da ABS na capital, ele revela serem muitos planos os planos que pretende desenvolver com o apoio dos sócios fundadores.

“Além dos cursos de vinhos, inclusive o de formação de sommeliers profissionais, vamos oferecer capacitação focada em outras bebidas e serviços, visando atender a mão de obra local, ou seja, garçons, bartenders etc. Projetos de inclusão para portadores de deficiências em nossos cursos e mídias também estão nos planos, além de apoio ao desenvolvimento do setor vitivinícola do terroir do cerrado”, adianta.

Diretoria ABS-DF
Os integrantes da diretora na assembleia de criação da nova entidade

Sérgio Pires tem como vice a advogada, administradora de empresas e especialista em vinhos Cláudia Oliveira, que foi a primeira sommelier do Distrito Federal a cursar o Wset 4-Diploma – programa de qualificação de nível especializado e o mais alto nível de certificação oferecido pela Wine & Spirits Education Trust. Cláudia também se formou e deu aulas na ABS Brasília.

O processo de criação na ABS-DF foi concluído após registro em cartório do resultado da assembleia que elegeu a diretoria da entidade, em 11 de setembro. Na ocasião foi aprovado o estatuto social da organização. “Um grupo de ex-professores se uniu para viabilizar uma nova ABS no Distrito Federal”, explica Cláudia, que esteve à frente das negociações junto à ABS nacional para viabilizar a implantação da nova entidade.

Cláudia considera que “Brasilia é um mercado importante para o comércio de vinhos e há grande demanda de profissionais buscando maior profissionalização, além de apaixonados por vinhos querendo conhecer mais sobre a cultura enogastronômica e vitivinícola”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: