Planeta Flix

Great News, a série que você devora feito um balde de pipoca

Great News, na Netflix, é remédio perfeito para não se deixar sucumbir pelo clima pesado do momento atual. A segunda temporada, que estreou recentemente, é tão boa quanto a primeira, e ainda é reforçada por mais cenas externas e pela participação de Tina Fey (Unbreakable Kimmy Schmidt) nos três primeiros episódios.

Criada por Tracey Wigfield (que aparece também como atriz coadjuvante, no papel de Beth Vierk), Great News se passa, na maior parte do tempo, na redação do Breakdown, telejornal de um canal pago, onde Katie Wendelson (Briga Heelan) trabalha como produtora.

Ela enfrenta os problemas comuns em todo ambiente de trabalho, mas tudo piora quando a superprotetora e desmiolada mãe dela, Carol Wendelson (Andrea Martin), aos 60 anos, resolve voltar a estudar para ser … produtora de tevê. E arranja um estágio justamente na redação onde a filha trabalha.

Em torno das duas há uma pá de personagens engraçadíssimos e carismáticos, mas Andrea Martin dá um show no papel da intrometida Carol, fazendo-a parecer um tipo absolutamente comum, mesmo com o exagero de seu comportamento. Não tem como não se apaixonar por ela… Nem por Great News.

O 13 episódios desta segunda temporada — assim como na primeira — passam voando. Você assiste o primeiro e vai de um a outro compulsivamente, como se comesse um saco de pipoca. Sem contar que cada um tem pouco mais de 20 minutos, o que torna Great News também perfeita para quem tem pouco tempo pra passar diante da TV.

Na verdade, trata-se de uma sitcom (situation comedy, comédia de situação). O gênero existe desde os tempos de I Love Lucy (produzida entre 1951 a 1957), mas, embora ainda haja bons exemplares do gênero em evidência — The Big Bang Theory, Two and a Half Men, Modern Family, The Kids Are Allright… –– o termo ainda meio em desuso.

Sitcons geralmente são feitas de episódios curtos (30 minutos em média), retratam o cotidiano de personagens comuns em ambientes comuns, no meio familiar ou no trabalho, por exemplo.

Cada episódio se resolve por si só e tem roteiro baseado justamente nisso, uma sequência de situações engraçadas, com diálogos rápidos, espirituosos e inteligentes. Enfim, não preciso perder tempo explicando. Se quiser um exemplo, veja Great News. Ela tem tudo o que se espera de uma boa sitcom.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: