Teatro

Mostra Dulcina realiza 31ª edição por YouTube e Facebook

Ofertas cuponsRealizada tradicionalmente nos encerramentos de semestre da Faculdade de Artes Dulcina de Moraes, a Mostra Dulcina teve que adaptar sua 31ª edição às limitações impostas pela pandemia do coronavírus. Desta vez, os trabalhos ficam disponíveis ao público até o dia 17 de julho no canal da faculdade no YouTube e no Facebook

Um dos destaques da programação é o média-metragem Não É Preciso Ser Feliz Para Recomeçar, dirigido por Fernando Guimarães. O filme se utiliza de pesquisas das linguagens literária, dramatúrgica e cinematográfica, para tratar de um tema bem atual. Ou melhor, o tema do momento: o isolamento social.

Para desenvolver o trabalho, Guimarães e alunos pesquisaram obras correlatas à situação atual. Avaliaram Decameron, de Boccaccio, Um Diário do Ano da Peste, de Daniel Dafoe, e Ensaio sobre a Cegueira, de José Saramago. Mas a escolha ficou com A Peste, de Albert Camus.

Múltiplas linguagens
O modelo dramatúrgico de Decameron (em que pessoas relatam a experiência do isolamento na  Europa do século 13) e o docudrama Jogo de Cena, de Eduardo Coutinho, foram algumas das referências utilizadas na construção de Não É Preciso Ser Feliz Para Recomeçar.

“Sempre foi desafiador operar em um projeto cuja tônica era o hibridismo. E em Não É Preciso Ser Feliz Para Recomeçar não foi diferente. Acredito ser inevitável que as estéticas se unam. Neste projeto trabalhamos basicamente com literatura e cinema. Os resultados geraram surpresas e apreensões”, diz Fernando Guimarães.

Os personagens são confrontados com um dilema ético: sair de uma cidade para escapar da doença, esperar passivamente seu fim ou se engajar na luta contra uma epidemia. As situações relembradas pelas personagens se iniciam quando uma cidade começa a sofrer com um vírus.

No elenco estão os atores Alex Ribeiro, Anderson Sali, Bete Virgens, Gutenberg Lima, Leonardo Vieira Teles, Luana Coelho (foto no alto) e Raquel Mendes. O média-metragem conta ainda com participações especiais de Adair Oliveira e Rafael Justus.

Onde assistir:
Canal da Faculdade Dulcina no YouTube
Mais sobre a programação da 31ª Mostra Dulcina:
Página da Faculdade Dulcina no Facebook

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: