E mais...

Especialistas contam de onde vem a tradição das festas juninas

Ofertas cuponsÉ tempo de festas juninas, comida de milho e quadrilha. Ou pelo menos deveria ser. Com a urbanidade, muito se perdeu dessas tradições. Este ano, para complicar, estamos em meio a uma quarentena que impede a realização dos arraiais.

Mesmo assim, é interessante entender como começou tudo isso, seu significado, as particularidades em cada região. Sobre o assunto, a jornalista Camila Maciel, repórter da Agência Brasil, fez interessante matéria a partir de entrevistas com duas pesquisadoras.

Na matéria (publicada em 2017, mas que mantém o interesse), Camila conversa com a historiadora Eliane Morelli Abrahão, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), e com Lourdes Macena, professora de tradições populares do Instituto Federal de Educação Tecnológica do Ceará (IFCE).

O texto é bastante esclarecedor sobre as origens da festa e as diferenças de região a região. Vale a leitura. O link é este: Com diferenças regionais, festas juninas celebram a fartura no campo

Obs: A imagem que ilustra este post é uma obra de Militão dos Santos, artista pernambucano, de Caruaru.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: