Teatro

Vazio existencial e teatro do Absurdo na Caixa

A cia paulistana 'Os Barulhentos encena Aqui Estamos com Milhares Cães Vindos do Mar

A companhia paulistana de teatro Os Barulhentos ocupa o palco do teatro da Caixa Cultural (SBS) até domingo (27/1) com o espetáculo Aqui Estamos com Milhares de Cães Vindos do Mar, montagem de texto do romeno Matéi Visniec.

Aqui Estamos com Milhares Cães Vindos do Mar vem sendo encenada pel’Os Barulhentos há quatro anos e chega a Brasília avalizada pelo prêmio de melhor espetáculo da Associação Paulista de Críticos de Artes (APCA), um dos mais importantes do país.

A peça é uma tragicomédia dividida em 14 cenas, que tratam das relações superficiais do mundo atual. Histórias cotidianas se entrelaçam em um cenário em tons de cinza, preto e branco, revelando o vazio existencial dos personagens.

“É comum ouvirmos do público a surpresa e a sensação de choque com a realidade do palco. É como assistir a um filme em preto e branco”, revela o diretor Rodrigo Spina, que criou Os Barulhentos em 2012.

Para o diretor, “o palco é o espaço para fazer questionamentos e Matéi Visniec usa o teatro do absurdo para, de forma divertida, fazer refletir e pensar”. Neste caso, o autor ressalta o confronto Estado versus cidadão e indivíduo versus sociedade

_________________________________

Aqui Estamos Com Milhares de Cães Vindos do Mar
De 24/1 a 27/1, sexta a sábado às 20h e domingo às 19h, no Teatro da Cultural Brasília (Setor Bancário Sul). Ingressos a R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia). À venda na bilheteria do teatro (61 3206-6456).

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: