Grafite dá mais cor à Feira de Vinil do Conic

A Feira de Vinil do Conic volta a acontecer no sábado (8/12) com um detalhe a mais: o novo mural de grafite que está sendo finalizado na Galeria Dulcina de Moraes, onde ocorre a feira, pelo coletivo Cavalo de Cão, de Brasília.

SaraivaA obra do grupo formado pelos artistas Pedro Chequer, Bertone Balduíno e Diego Pizzini só estará totalmente pronta no fim do mês, mas já pode ser apreciada na parede da galeria, o que certamente dará mais cores à próxima Feira de Vinil

“É a união da arte urbana com o natal analógico do vinil. Está tudo dentro da programação orgânica, que marca a valorização do centro da cidade”, diz Kaká Guimarães, do SubDulcina, um dos “artistas” ocasionais que colaborou com o mural.

Xilogravura e cordel em mostra no Museu Nacional

Kaká também é um dos organizadores da feira, que nesta edição promete “as maiores promoções de Natal do ano”, com oferta de cerca 15 mil discos, por mais de dez lojas. Vai dar pra comprar desde promoções de R$ 5 e R$ 10 até raridades de todos os gêneros musicais.

A feirinha vai ter ainda livros, DVDs, fitas cassete (!!!), bancas de comidinhas e chope artesanal e DJs tocando (apenas vinil, claro). Isso começando às 10h e rolando até o começo da noite.

______________________________

Feira de Vinil do Conic
Dia 8/12, das 10h às 19h, no Setor de Diversões Sul, corredor da Faculdade Dulcina de Moraes. Entrada franca.

Anúncios