Nova gelateria também vai ensinar arte do gelato

A Cremeria Italiana vai reforçar em breve o roteiro de gostosuras italianas em Brasília . A casa de gelatos abre na 206 Sul, ainda em ritmo de soft open, a partir de 5 de dezembro. E não só fabricará gelatos como ensinará a fazê-los.

Livraria Martins FontesOs proprietários, os italianos Paolo Calanchini e Mirko Stortini, vão ministrar três cursos voltados à produção de gelatos: intensivo, master e sobremesas. As primeiras aulas serão entre os dias 21 e 25 de janeiro.

O intensivo é composto de aulas teóricas e práticas para elaboração do verdadeiro gelato italiano. O master ensina, em cinco dias, técnicas de balanceamento do gelato. O terceiro, de quatro dias, reúne ensinamentos para elaboração de sobremesas italianas.

Paolo Calanchini é empresário desde os 22 anos. Na Itália, foi proprietário de um restaurante e café em Bolonha, onde nasceu. Desde 2002,  mora em Niterói (RJ), onde mantém a Gelateria Italiana Crema & Cioccolato Café.

Mirko Stortini é graduado em Química e trabalha com gelatos desde 1996. Teve gelateria na Itália e na Espanha e, desde 2006, trabalha com consultoria ao redor do mundo. Já ajudou a abrir sorveterias no Brasil, Vietnã, Espanha, Bélgica, Coreia do Sul e Hong Kong.

Paolo Calanchini e Mirko Stortini

Desde 2015, a dupla ministra cursos profissionais juntos. Deram aulas em Roma (Itália), Valência (Espanha), Porto (Portugal) e há cinco anos Mirko é professor da escola italiana Professione Gelatiere, em Roma.

Quer dizer, experiência não falta aos dois professores. Interessados nos cursos do Projeto Gelato Italiano, como eles chamam, podem fazer as inscrições pelo número 21 98869-6442 ou pelo e-mail info@projetogelatoitaliano.com.br.

Anúncios