Spike Lee em retrospectiva no cinema do CCBB

O cineasta americano Spike Lee ganha mostra retrospectiva no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB Brasília), começando exatamente no Dia Nacional da Consciência Negra, 20 de novembro. Até 9 de novembro, serão exibidos 23 longas e quatro videoclipes.

Acorde! O Cinema de Spike Lee tem curadoria do jornalista e roteirista Jaiê Saavedra. Ele explica que “acorde!” é uma fala recorrente nos filmes do cineasta. “É um chamado para a ação, para a ruptura de um comportamento padronizado”.

Geralmente, a fala é dita por um personagem secundário para o personagem central. “Frequentemente em uma visão subjetiva: o ator fala ‘acorde!’ para a plateia do cinema. Spike Lee quer que seu cinema faça o público acordar para a realidade que o cerca.”

submarino.com.brA programação inclui sessão inclusiva para deficientes auditivos e visuais e um debate com o curador e as pesquisadoras Kênia Freitas e Aida Rodrigues Feitosa. E quem tiver o cartão fidelidade do cinema do CCBB com cinco carimbos poderá trocá-lo por um catálogo da mostra.

Jaiê Saavedra optou por selecionar filmes e clipes que representam diferentes momentos da carreira de Spike Lee. Assim, serão exibidas obras mais recentes, pouco vistas nas salas de cinema brasileiras, como Kobe Doin’ Work (2009) e Verão em Red Hook (2012).

E não faltam, claro, obras mais emblemáticas de Lee, a exemplo de Faça a Coisa Certa (1989), Malcolm X (1992), Febre da Selva (1991), Mais e Melhores Blues (1990) e O Verão de Sam (1999).

A programação completa, com sinopse dos filmes, pode ser conferida no site do CCBB.

_________________________

Acorde! O Cinema de Spike Lee
De 20/11 a 9/12, no Centro Cultural Banco do Brasil (Setor de Clubes Esportivos Sul). Ingressos a R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia) — algumas sessões são gratuitas e estão marcadas na programação.

Anúncios