Uma Espécie de Alasca em curtíssima temporada

Seleção de Livros! Clique e confira.A peça Uma Espécie de Alasca faz curtíssima temporada em Brasília, de sexta (21/9) a domingo (23/9), na Caixa Cultural, com duas sessões no sábado (22/9). Curtíssima porque, pelo nível de interesse que a montagem desperta, poderia ficar mais tempo.

E esse interesse é provocado pelas referências dos nomes da ficha técnica. Para começar, Harold Pinter (dramaturgo inglês, autor do texto) e Oliver Sacks (neurologista e escritor, autor de Despertando, livro que inspirou a peça)

Tem também Luisa Maita e Jam Da Silva (dois bons representantes da nova geração da música brasileira, assinando a trilha sonora) e Débora Falabella (atriz, mas aqui aparecendo como criadora dos figurinos).

E por fim Yara de Novaes (atriz magnífica, que vimos em Brasília contracenando com Débora em Contradições) e Gabriel Fontes Paiva (ator e diretor que fundou com Yara e Débora o Grupo 3 de Teatro e dirige Uma Espécie de Alasca).

Desta vez, Yara de Novaes está em cena ao lado de Miriam Rinaldi e Jorge Emil. Ela interpreta uma mulher que dormiu por 29 anos, em consequência da doença do sono (encefalite letárgica). Quando desperta, tem a mente de uma garota de 16 anos.

Enquanto esteve dormindo, foi cuidada pela irmã e pelo cunhado, médico. O texto gira, então, em torno dos três: alguém que dormiu por quase 30 anos, um médico que dedica a vida inteira a descobrir a cura de uma doença e uma mulher que abriu mão da própria vida para cuidar da irmã.

 

“Por motivos explicados apenas pela espiritualidade ou sensibilidade de um gênio, Pinter não precisou conversar com Sacks, nem visitar o hospital onde os doentes ficavam para entender a fundo sua alma”, diz Gabriel Fontes.

Para o diretor, que também assina a adaptação do texto de Harold Pinter, “isso mostra como o teatro pode mergulhar no inconsciente, resgatando de lá, sem juízo de valor, nossa mais sincera humanidade.”

O Grupo 3 de Teatro vem encenando Uma Espécie de Alasca desde 2015, quando fez temporadas em São Paulo. Em 2017, o espetáculo entrou em cartaz no Rio de Janeiro. Brasília, portanto, é a terceira cidade a receber a peça.

______________________________________________________

Uma Espécie de Alasca
De 21/9 a 23/9, sexta às 20h, sábado às 18h e às 20h e domingo às 18h, na Caixa Cultural Brasília (Setor Bancário Sul). Ingressos a R$ 30 e R$ 15 (meia). À venda na bilheteria do teatro (61 3206-6456).

Anúncios