Slow Filme: mais um motivo para ir a Piri

Um motivo a mais para ir a Pirenópolis neste fim de semana é a nona edição do Slow Filme — Festival Internacional de Cinema, Alimentação e Cultura Local. O evento começou na quinta (23/9) e segue até domingo (16/9).

Este ano, o Slow Filme destaca a presença feminina na gastronomia e
celebra a Itália, país que criou o movimento Slow Food. A mostra é composta de 11 longas, quase todos inéditos no Brasil, selecionados pelo crítico Sérgio Moriconi.

Evino

São filmes produzidos na Itália, França, Áustria, Portugal, Brasil, Austrália, República da Geórgia, Estados Unidos e Líbano. Um dos destaques é Meridiano do Vinho, da diretora e atriz georgiana Nana Jorjadze.

Meridiano do Vinho mostra, de maneira divertida, o processo tradicional de produção de vinho na Geórgia. No país do leste europeu, a produção ainda segue métodos de 8 mil anos atrás.

O tema desta edição, a presença feminina na gastronomia, é explorado em três filmes. O francês À Procura de Mulheres Chefs registra a presença de mulheres que lideram cozinhas de restaurantes, dão aulas, são ativistas e sommeliers.

A Procura de Mulheres Chefs
À Procura de Mulheres Chefs será exibido nesta sexta, às 18h30

Ama-san (Japão) trata das mulheres que se dedicam ao mergulho no mar em apneia, para recolher moluscos, algas e pérolas que lhes garantem o sustento. E Soufra (EUA/Líbano, foto no alto da página) é sobre uma empresa de food truck criada por mulheres num campo de refugiados ao sul de Beirute.

Entre uma e outra sessão, o Slow Filme traz programação que inclui degustações de vinhos georgianos e italianos e a oficina Comida e Gênero: uma Experiência Sensorial, com a antropóloga Kátia Karam e a comunicóloga Heliane Carvalho.

A Mentira Verde
A Mentira Verde (Áustria, 2018) discute conexões entre ecologia e economia

Confira a programação completa:

Quinta (13/9)
19h – Abertura oficial com exibição do longa Slow Food Story (74min), seguida de degustação de cervejas artesanais Santa Dica, produzida em Pirenópolis

Sexta (14/9)
16h – Ama-San (110min)
18h30 – À Procura de Mulheres Chefs (90min)
20h30 – Meridiano do Vinho (60min) —  sessão seguida de degustação de vinhos georgianos, oferecidos pela Embaixada da República da Geórgia

Sábado (15/9)
15h – Lorello e Brunello (85min)
16h30 – A Mentira Verde (97min)
19h – Soufra (73min)
20h30 – Sou Eu que Cozinho! (54min) — sessão seguida de degustação de vinhos e petiscos italianos, oferecidos pela Embaixada da Itália

Domingo (16/9)
15h – A Busca do Chef Ducasse (84min)
16h30 – Atum, Farofa & Spaguetti (95min)
18h30 – Churrasco (102min)

Confira as sinopes no site da Objeto Sim, organizadora do Slow Filme

__________________________________________

9º Slow Filme — Festival Internacional de Cinema, Alimentação e Cultura Local
Até 16/9, no Cine Pireneus (Rua Direita, Pirenópolis, Goiás). Mais informações no site da Objeto Sim, organizadora do evento.

 

Anúncios