Arte brasileira ganha espaço no CCBB

Mais um bom motivo para ir ao Centro Cultural Banco do Brasil Brasília. Nesta quinta-feira (9/8) será aberta ao público o Mão Brasileira, espaço múltiplo, ao lado do Bistrô Bom Demais, onde funcionarão galeria, loja, livraria e espaço lúdico.

O Mão Brasileira abrigará acervo de cerca de 3 mil obras de arte popular brasileira e contemporânea, de artistas como Rubem Valentim, Athos Bulcão, Gilvan Samico, Siron Franco, Jadir Egidio e do sergipano Veio (obra na foto do alto).

Também ganham lugar no espaço o design contemporâneo — de artistas e de coletivos de artesãos de todo o Brasil –, joias, livros de arte e infantis, souvenires de Brasília, brinquedos populares e pedagógicos

Fruteira centopeia articulada do Desfiacoco
Fruteira centopeia articulada do Desfiacoco

Além de tudo isso, terá programação constante de  lançamento de livros, rodas de leituras, cafés com poema, miniexposições, oficinas de brinquedos e outras atividades lúdicas que serão desenvolvidas ao longo do ano.

O Mão Brasileira foi idealizado por Luiz Fernando Pontes. “Todos os produtos a serem apresentados refletem o pulsar do Brasil. Queremos também nos conectar com pessoas que comunguem com nossa visão de resgate dos afetos, sonhos e histórias”, ele diz.

Ficará aberto de terça a domingo, das 9h às 21h.

Anúncios