Conversa com Bial faz homenagem a Cazuza

Na quarta-feira passada (4/4) completaram-se 60 anos do nascimento de Cazuza (1958-1990. Nesta sexta (6/4), o programa Conversa com Bial, da TV Globo, presta homenagem ao cantor e compositor, recebendo três figuras intimamente ligadas a ele.

São convidados mãe de Cazuza, Lucinha Araújo, Ney Matogrosso, que foi namorado dele, e Roberto Frejat, parceiro de Cazuza no Barão Vermelho. Outro integrante do Barão, Dé Palmeira, diretor musical do programa, também participa contando histórias e tocando.

O próprio apresentador Pedro Bial é outro que tem uma ligação com o homenageado. Bial e Cazuza foram amigos de infância: “Eu me lembro dele todo dia. Todo dia essa saudade se manifesta de algum jeito, em algum momento. É um vulcão não extinto”.

Cazuza 1

Lucinha, que criou um método para lidar com esse “vulcão”, diz que nunca desistiu de controlá-lo. “Mas resolvi que poderia conviver melhor (com a rebeldia). Foram os anos mais felizes das nossas vidas”.

Já Ney Matogrosso lembra no programa que chamava Cazuza de Cruz. “Era a cruz que a gente carregava, mas com muito prazer”. E Frejat conta, lembrando os tempos de Barão Vermelho: “Pra gente, cada show era uma surpresa”.

A homenagem também vai ser musical. Lucinha Araújo abre o programa com Eu Preciso Dizer que Te Amo. Frejat canta Bete Balanço e Blues da Piedade. Ney Matogrosso apresenta Poema. Para encerrar, Bial se une ao trio em Pro Dia Nascer Feliz.

Anúncios