Lugares Legais: o Parque de Águas Claras

Por Rosualdo Rodrigues
Editor do Boníssimo

Quem passa pela EPTG indo para Taguatinga e olha para a esquerda até lembra Manhattan: imensa área verde à frente e no fundo o paredão de arranha-céus. Não, não estamos em Nova York, nem diante do Central Park.

Mas o Parque Ecológico de Águas Claras, beirando o bairro extenso, populoso e vertical, é provavelmente o mais agradável do Distrito Federal. Não tem a aridez do Parque da Cidade e é aconchegante como o de Olhos D’Água, só que mais amplo.

Com 95,5 hectares de extensão, possui trilhas para caminhada, quadras de voleibol e futevôlei, floresta preservada com riachos e dois lagos e árvores frutíferas, que foram plantadas ali por antigos chacareiros que ocupavam a área.

Uma das coisas mais legais é que, enquanto você caminha, em alguns trechos pode ouvir o barulhinho da água dos cõrregos que passam por ali, o que dá uma sensação de paz tremenda — e quem não precisa disso nos dias de hoje?

O grande número de árvores também torna o lugar mais fresco e com mais sombras. Dá vontade e estender a toalha e fazer um piquenique. Programa que recomendo até para quem mora em outras regiões administrativas.

Para sair da rotina, planeje um dia passear pelo Parque Ecológico de Águas Claras e almoçar ou fazer um lanche lá pelo bairro, que é bem rico em opções gastronômicas. Será como viajar sem sair da cidade.

Parque de Águas Claras

Parque Ecológico de Águas Claras
Avenida Castanheiras, ao longo das quadras 301, 104, 105 e 106. próximo à estação Águas Claras do metrô. Segunda a domingo, das 6h às 22h.

Anúncios