Diálogos Contemporâneos: Brasil presente e futuro

Entre 13 de março e 12 de junho, Brasília vai ganhar um fórum para troca de ideias e reflexões sobre assuntos que nos inquietam nos dias que correm. Nesse período, acontece o Diálogos Contemporâneos, no Museu Nacional e na Universidade de Brasília,

Será uma espécie de festival do pensamento, em que os convidados vão debater uma série de questões que envolvem a complexidade, os problemas e a diversidade do Brasil atual.

Idealizado pelo produtor cultural Nilson Rodrigues e realizado pela Associação Amigos do Cinema e da Cultura, Diálogos Contemporâneos trará à cidade pensadores como a filósofa e escritora Marcia Tiburi, o sociólogo Jessé Souza e a antropóloga Mirian Goldemberger.

Em sete encontros, um por semana, todos com entrada franca, o público terá chance de refletir e interagir com os palestrantes sobre temas como afeto, mobilidade, autoritarismo, identidade, religião… As palestras ficarão disponíveis no site do projeto.

Veja quem vem e qual o assunto de cada encontro. Detalhes sobre locais, dias e horários das palestras você pode consultar diretamente no site do Diálogos Contemporâneos — que ocorrerá simultaneamente em Brasília e Campo Grande (MS).

Dia 13/3
Márcia Tiburi (filósofa e escritora): “Vozes dissonantes — Ética, liberdade e autoritarismo na internet”

Dia 20/3
Renato Janine (professor de filosofia, cientista político e ex-ministro da educação): “A educação no Brasil, a realidade contemporânea e os novos instrumentos para a formação de crianças e jovens”

Dia 27/3
Célia Xakriabá (professora e liderança indígena): “Mulheres indígenas, resistência e protagonismo”

Dia 3/4
Viviane Mosé (poetisa, filósofa, psicanalista e especialista em elaboração e implementação de políticas públicas): “Mundo digital e sociedade em rede — O declínio das mídias tradicionais e os novos espaços de informação e comunicação”

Dia 10/4
Djamila Ribeiro (pesquisadora e mestre em Filosofia Política pela Universidade Federal de São Paulo): “Diversidade cultural e de gênero no Brasil: a construção de uma sociedade democrática e fraterna e o respeito às diferenças”

Dia 17/4
Jessé Souza (sociólogo , ex-presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada — IPEA): “A formação do Brasil: do descobrimento aos tempos atuais — A herança cartorial, o patrimonialismo e a cultura de privilégios”

Dia 8/5
Fernanda Kaingáng (indígena especialista em biodiversidade): “Os esquecidos: identidade, território e afirmação das nações indígenas brasileiras”

Dia 15/5
Vladimir Safatle (professor de filosofia): “Estado, Igreja e democracia — Novas religiões, teologia da prosperidade e os desafios do secularismo”

Dia 29/5
Ignácio de Loyola Brandão (escritor): “A cultura do descarte, a sociedade de consumo e a tragédia do meio ambiente”

Dia 5/6
Luiz Gonzada Beluzzo (economista): “Mobilidade social e empreendedorismo — O estado, o mercado e as possibilidades de superação das desigualdades e de ascensão social na sociedade brasileira”

Dia 12/6
Mirian Goldemberger (antropóloga): “O espaço do amor e da afetividade nas grandes cidades”

Anúncios