15 programas para fazer em Brasília em março

Dizem que o ano só começa depois do carnaval. Março será, portanto, o primeiro mês inteiro de 2018. E vem bem sortido de programação cultural e de entretenimento, principalmente no que se refere à música.

Shows de Milton Nascimento, Ana Cañas, Mariana Aydar, Mahmundi e Zeca Pagodinho, entre outros, estão na agenda do mês. da qual destacamos 15 programas imperdíveis. Tome nota:

Dias 1 e 2 (quinta e sexta)
Toninho Ferragutti e Salomão Soares
O músico paulista Toninho Ferragutti une seu acordeon ao piano de Salomão Soares em duas apresentações no Clube do Choro. Eles fazem uma viagem pela tradição musical de várias regiões do Brasil, inspirados pela música erudita e o jazz. Às 21h. Ingressos a R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia), no Bilheteria Digital.

Espaço f508

Dos dias 2 a 4 (sexta a domingo)
BSB Plano das Artes
Durante três dias, 20 espaços independentes do Distrito Federal dedicados às artes — galerias, ateliês e espaços de residência artística — estarão abertos com programação especial. O público poderá visitar boa parte deles seguindo rotas definidas, em van disponibilizada gratuitamente pelo projeto. Leia matéria.

O imortal_ (4) credito_ ismael monticelli - B (1)

Dos dias 2 a 25 (de quinta a domingo)
“O Imortal”
Um conto do escritor argentino Jorge Luis Borges é a base do espetáculo estrelado por Gisele Fróes (foto acima) e dirigido pelos irmãos Adriano e Fernando Guimarães. A peça faz estreia nacional no Centro Cultural Banco do Brasil (Setor de Clubes Esportivos Sul). Leia matéria.

Feira de Artesanato_Jogo de xadrez andino

Dos dias 3 a 31 (diariamente)
Nações & Artes – Feira Internacional de Artesanato e Decoração
A feira vai reunir no Conjunto Nacional gastronomia, moda e decoração de seis países — Marrocos, Estados Unidos, Paquistão, Peru, Emirados Árabes e Brasil. Acessórios, calçados, almofadas, bolsas, objetos de decoração, vinhos, queijos, embutidos, pedras preciosas, roupas, tapetes, artesanatos típico estarão à venda durante o evento.
Segunda a sábado, das 10h às 22h; domingos, das 14 h às 20h. Entrada franca.

Ana Cñas

Dos dias 6 a 8 (terça a quinta)
Ana Cañas — “Tô na Vida”
A cantora faz três apresentações na Caixa Cultural do show baseado em seu disco mais recente, “Tô na Vida”.  O repertório traz músicas como “Tigresa”, “Respeita” e “Pra Você Guardei O Amor”. Às 20h. Ingressos a R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

A partir do dia 8/3
Torquato Neto – Todas as Horas do Fim
Estreia nos cinemas o documentário de Eduardo Ades sobre o compositor e poeta piauiense que se tornou figura emblemática da Tropicália e da cultura brasileira nos anos 1960. Com depoimentos de Caetano Veloso, Gilberto Gil e Tom Zé, entre outros.

Autópsia Ato I_ Foto Layza Vasconcelos

Dias 8 a 11 (quinta a domingo)
“Autópsia”
O espetáculo “Autópsia”, do Grupo Sutil Ato, foi criado a partir de 10 textos do dramaturgo Plínio Marcos e dividido em quatro atos. Os Atos I e II integraram a programação do Cena Contemporânea em 2014. Agora, no CCBB, eles serão apresentados, dias 8 e 9, respetivamente, e acrescidos dos Atos III (no dia 10) e IV (dia 11). Às 21h. Ingressos a R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

Dias 8 e 9 (quinta e sexta)
Projeto BRB de Cada Canto
Dois shows celebram o Dia Internacional da Mulher no Auditório I do Museu Nacional. No dia 8, apresentam-se Ana Sucha (DF/RJ) e Mahmundi (RJ); no dia 8, Mariana Aydar (SP — foto no alto da página) e Tays Villaca (PR). Ingressos a R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia, inclusive para doadores de 1kg de alimento), à venda no Sympla.

Hélio Delmiro
Nos mesmos dias, o guitarrista/violonista carioca Hélio Delmiro faz shows no Clube do Choro, às 21h. Ingressos a R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia), no Bilheteria Digital.

Dia 10 (sábado)
Festival EnconTraços

Orquestra Voadora (RJ), Funk Como Le Gusta (SP), Banda Pé de Cerrado (DF) e os DJs Telma e Selma, Chicco Aquino, Chokolaty, Criolina, Red Light e Nagô (todos do DF) são as atrações do festival promovido para comemorar os dois anos da revista Traços. O evento acontecerá em dois palcos montados no Setor Comercial Sul. Ingressos R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia) — preços de 1º lote, à venda no Sympla. A renda será destinada à Associação Traços).

Dias 12 e 13 (segunda e terça)
Leny Andrade
A cantora carioca volta para duas apresentações no Clube do Choro (onde se apresentou ano passado acompanhada pelo pianista Diogo Monzo) com sua mistura de bossa, samba e jazz.  Ingressos a R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia), no Bilheteria Digital.

Dostoiévski Trip 2

Do dia 15 até 8/4 (quinta a domingo)
“Dostoiévski Trip”
A encenadora Cibele Forjaz dirige esta montagem de texto do russo Vladimir Sorókin. Grupo de dependentes aguarda a chegada do traficante de uma droga que provoca alucinações associadas a grandes autores da literatura mundial. Às 20h30, no CCBB. Ingressos a R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

Dos dias 20 a 31 (diariamente)
Semana da Francofonia
A 21ª edição da Semana da Francofonia terá uma extensa programação, ainda não divulgada. Mas estão confirmados o Festival de Cinema Francófono (durante todo o período do evento) e show do cantor francês Mathieu Boogaerts (no dia 20/3, ás 20h, ambos no CCBB, que acontece no dia 20/03, às 20h.

milton_nascimento_credito_nathalia_pacheco2

25/3
Milton Nascimento
Milton Nascimento traz à cidade o show “Semente da Terra”,  em que unifica, no repertório, as diversas lutas nas quais esteve engajado através de sua música, desde o primeiro disco, “Milton Nascimento” (1967). Das causas sociais à defesa ambiental. Ingressos de R$ 100 a R$ 360, no Bilheteria Digital.

Zeca Pagodinho

Dias 31 e 1º/4
Zeca Pagodinho
“Uma História de Amor ao Samba” é o nome do show que o sambista faz em três sessões no Teatro da Unip (913 Sul) — às 18h e às 21h no dia 31 e às 20h, no dia 1º/4. Ingressos de R$ 50 a R4 150, no Bilheteria Digital.

Anúncios