Conheça 20 espaços culturais do DF em 3 dias

Longe dos centros culturais financiados por bancos ou governos, a arte visual no Distrito Federal mantém-se viva e vibrante através de uma rede de pequenos espaços independentes desconhecida por grande parte dos brasilienses.

São galerias e ateliês mantidos, na maioria, pelos próprios artistas, espalhados por todo o quadradinho e discretamente instalados em quadras comerciais do Plano Piloto ou em casas residenciais do Jardim Botânico ou Taguatinga Norte.

Uma chance de conhecer parte deles surge no próximo fim de semana. Por três dias, entre 2/3 (sexta) e 4/3 (domingo), ocorre o projeto BSB Plano das Artes, idealizado pela curadora Cinara Barbosa para dar visibilidade a esse circuito e ao que se produz nele.

Para tanto, vans vão circular levando o público por seis rotas definidas pela curadora, com paradas em 20 espaços culturais independentes do DF. Cada rota inclui de três a cinco pontos e pode ser cumprida numa manhã, numa tarde ou tomar um dia inteiro.

O roteiro inclui parada para almoço em restaurantes parceiros — entre eles, Cervejaria Criolina, Naturetto, O Casarão, Green’s e Páprica Burger. No site do BSB Plano das Artes, as rotas estão bem definidos, com horários e locais de partida e chegada.

Os 20 participantes desta edição foram divididos em quatro categorias: Galerias Comerciais, Espaços/Galerias de Fotografia, Autônomos/Residências Artísticas e Ateliês de Artistas (veja lista abaixo). Todos estarão abertos ao público para encontros com artistas, curadores e galeristas.

BSB Plano das Artes
Parte dos artistas e galeristas participantes do BSB Plano das Artes

Além disso, vão apresentar programação especial e terão disponíveis profissionais especializados em orientar os visitantes. O acesso aos espaços, assim como o transporte, será totalmente gratuito e livre para todas as idades.

“Ao mapear os locais que produzem arte e que geram conhecimento em artes, apresentamos alguns espaços muitas vezes desconhecidos do grande público e que oferecem programações culturais de qualidade”, ressalta Cinara.

Para a curadora, a ênfase na divulgação desses espaços é estratégica para a defesa de um circuito das artes no DF envolva não apenas os artistas, mas também a comunidade e o comércio ao redor dos centros culturais, abastece artistas e visitantes.

Confira abaixo a lista de espaços participantes desta edição do BSB Plano das Artes. E aqui, o horário de funcionamento de cada um:

Oto Reifschneider Galeria de Arte
Oto Reifschneider Galeria de Arte

Galerias Comerciais
Alfinete Galeria (Asa Norte)
Oto Reifschneider Galeria de Arte (Asa Norte)
Referência Galeria de Arte (Asa Norte)
XXX Arte Contemporânea (Jardim Botânico)

Espaço f508
Espaço F/508

Espaços / Galerias de Fotografia
A Casa da Luz Vermelha (Setor de Clubes Sul)
Espaço F/508 (Asa Norte) — foto acima
Galeria Ponto (Asa Norte)

Nova
Espaço Nova

Autônomos / Residências Artísticas
deCurators (Asa Norte)
Elefante Centro Cultural (Asa Norte)
Galeria da IBOC (Asa Sul)
Galeria Olho de Águia (Taguatinga)
Gruta (Asa Norte)
Nave (Asa Sul)
Manoobra Galeria (Sobradinho)
Nova (Asa Sul)
Pilastra (Guará 2)

Christus Nóbrega
Atelié de Christus Nóbrega e Cecilia Mori,

Ateliês de Artistas
Cecília Mori e Christus Nóbrega (Asa Norte)
Clarice Gonçalves (Taguatinga)
Raquel Nava e Cecília Bona (Asa Norte)
Valéria Pena-Costa (Lago Sul)

Anúncios