Experia traz boa seleção da MPB independente

Quem diz que a música brasileira anda mal, certamente, sofre de aguda falta de curiosidade para descobrir o que vem sendo produzido para além do é martelado em nossos ouvidos pelas rádios, pela web ou seja o que for que chamam de mídia.

O projeto Festival Experia, desta quinta (15/2) até domingo (18/2) na Caixa Cultural, chama a atenção justamente para isso. O evento traz uma boa seleção de representantes do que, digamos, seria o lado B da música brasileira.

São quatro dias de shows, em que artistas que já mantêm carreira sólida e público fiel dividem o palco com outros considerados como revelações. Artistas que sobressaem por fugir ao óbvio e se firmar com uma identidade própria.

Para esta segunda edição em Brasília, o Experia traz As Bahias e a Cozinha Mineira, BNegão, Curumin, Russo Passapusso, Pélico, Filipe Catto, Juliana Perdigão e os Kurva, Tulipa Ruiz, Márcia Castro e Otto.

Serão cinco sessões — duas no sábado — com uma das atrações fazendo o show principal e trazendo um segundo nome como convidado. É a chance de conferir ao vivo, por exemplo, músicas do atrevido “Treta”, novo disco de Márcia Castro.

A baiana, que nos presenteou com os ótimos “Das Coisas que Surgem” (2014) e “De Pés no Chão” (2012), faz uma leitura muito pessoal do funk e do axé em “Treta”, seu disco mais dançante. Ela divide o palco com o pernambucano Otto, no domingo. Imperdível.

O Festival Experia foi idealizado pela empreendedora cultural Anamaria Rigotto, mineira radicalizada no Rio de Janeiro e diretora da Casa de Fulô Produções. Já está na terceira edição — a primeira não veio a Brasília. A intenção é traçar um panorama da música independente brasileira atual,

Confira a programação completa do festival:

Quinta (15/2)
Às 20h, As Bahias e a Cozinha Mineira, banda paulistana formada pelas mulheres trans Raquel Virgínia e Assucena Assucena e o guitarrista Rafael Acerbi, mostra o sho “Bixa”, com participação do carioca BNegão.

Sexta (16/2)
As 20h, o compositor paulista Curumin apresenta as músicas do seu álbum mais recente, “Boca”, tendo como convidado o baiano Russo Passapusso, vocalista da Baiana System, que mantém também trabalho solo — lançou o disco “Paraíso da Miragem” (2014).

Sábado (17/2)
Às 17h, o paulistano Pélico mostra show baseado no disco “Euforia” (2015). O convidado é o gaúcho Filipe Catto, que lançou recentemente “Catto” (2017). Às 20h, a mineira Juliana Perdigão e sua banda, Os Kurva, tocam músicso do disco “Ó” (2016), com participação de Tulipa Ruiz.

Domingo (18/2)
Às 19h, a baiana Marcia Castro lança em Brasília o álbum “Treta” (2017), com participação do pernambucano Otto, que também tem disco recente, “Ottomatopeia” (2017).

___________________________________________________________

Festival Experia 2018
De 15/2 a 18/2, na Caixa Cultural (Setor Bancário Sul). Ingressos a R$ 20 (inteira) e R$10 (meia, inclusive para doadores de 1kg de alimento não perecível). À venda na bilheteria da Caixa Cultural (61 3206-9448).

Anúncios