“Apartamento 403”: as violências do cotidiano

A peça “Apartamento 403”, de Fernando Guimarães, estreia curta temporada no Centro Cultural Banco do Brasil (SCES) nesta quinta-feira (15/2). Serão somente quatro sessões, até domingo (18/2).

O espetáculo, que já pôde ser visto em apresentações no Teatro Dulcina no fim do ano passado, mistura no elenco artistas experientes, como Yara De Cunto, e jovens atores recém-saídos do curso de artes cênicas da Faculdade Dulcina.

No palco, eles interpretam os integrantes de uma grande família reunida dentro de um apartamento em obras, numa tarde qualquer. Uma bala perdida interrompe a reunião e expõe as neuroses e idiossincrasias de cada um.

SONY DSC

Para a dramaturgia, Fernando Guimarães buscou inspiração na obra do cartunista americano Jules Feiffer, que entre as décadas de 1960 e 1970 ficou conhecido pelos quadrinhos em que retratava a metrópole urbana com humor mordaz.

“A ‘premonição”’ de Feiffer vem se mostrando cada vez mais atual e presente. Vivemos em um estado em que a vida humana não tem o menor valor, mata-se por nada” (Fernando Guimarães)

A partir do diálogo com o universo de Feiffer, o encenador aborda temas como o desamparo a que os indivíduos são sumetidos pelas instituições públicas, a banalização da violência e a corrupção.

Apartamento 403

Na peça, neurose social, vigilância constante e paranoia abrem caminhos para crimes justificados, certezas inabaláveis e desastres morais ocultos em boas ações. Tudo se encaminha para “um final irônico e apocalíptico?”, diz Fernando.

“Todo humor é basicamente uma ou outra espécie de atentado contra a lógica, mas a sátira refere-se a estender logicamente uma premissa à sua conclusão totalmente insana, mas crítica do sistema que opera” ( Jules Feiffer).

“Apartamento 403” se alinha com o trabalho desensolvido por Fernando em parceria com o irmão, Adriano Guimarães, em que dialogam linguagens artísticas, pensadores, dramaturgia, filosofia e literatura.

___________________________________________________________

“Apartamento 403”
De 15/2 a 18/2, quinta a sábado, às 2Oh, e domingo, às 19h, no Teatro 1 do Centro Cultural Banco do Brasil (Setor de Clubes Esportivos Sul). Ingressos a R$ 20 (inteira) e R$10 (meia). À venda na bilheteria do CCBB.

Anúncios