Álbum dos Titãs inspira “Cabeça”, no CCBB

Os festejos natalinos esvaziaram a programação cultural da cidade. Maso coletivo teatral Complexo Duplo, vindo do Rio de Janeiro, enfrenta bravamente o deserto da agenda, apresentando “Cabeça (um documentário cênico)”, no Centro Cultural Banco do Brasil.

Em cartaz até dia 30/12 (de quarta a sábado), o espetáculo é inspirada pelo álbum “Cabeça Dinossauro”, um clássico na discografia da banda de rock Titãs. Em cena, os atores usam as canções do disco como uma ponte entre ano 1986, quando foi lançado, e o agora.

Oito atores-músicos participam da montagem. Eles tocam ao vivo todas as músicas do álbum, mas o que poderia ser somente um show de rock vai se transformando a partir de cenas, textos e projeções.

Com direção e dramaturgia de Felipe Vidal, o espetáculo se divide em dois atos, o Lado A e o Lado B, fazendo uma retrospectiva dos acontecimentos mais marcantes para o Brasil e para o mundo de 1986 para cá.

Além dos fatos históricos, “Cabeça” absorveu ainda as memórias e experiências dos integrantes do elenco (todos com média de idade de 40 anos, o que significa que eram todos adolescentes nos anos 1980).

Dessa forma, a montagem revela também o que foi se autodescobrir e descobrir o mundo através desses anos. Tudo ilustrado por  projeções e o videografismo de Eduardo Souza.

005_CABEÇA - Foto Ricardo Brajterman
O elenco: Felipe Antello, Felipe Vidal, Guilherme Miranda, Gui Stutz, Leonardo Corajo, Lucas Gouvêa, Luciano Moreira e Sergio Medeiros

“Cabeça (um documentário cênico)” é a segunda parte da Trilogia Paramusical, do coletivo teatral Complexo Duplo. A primeira foi “Contra o Vento (um musicaos)”, que dialoga com os espetáculos teatrais musicais brasileiros do final dos anos 1960.

A terceira e última parte da trilogia está prevista para ir aos palcos no ano que vem. A ideia é, desta vez, estabelecer um diálogo com o rap e o hip-hop brasileiros contemporâneos e com o funk carioca.

____________________________________________________________________________

“Cabeça (um documentário cênico)”
De 20/12 a 30/12, no Centro Cultural Banco do Brasil (Setor de Clubes Esportivos Sul). De quarta a sábado, sempre às 20h. Ingressos a R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), à venda na bilheteria do teatro.

Anúncios