Agora é a vez do cinema russo no Cine Brasília

“Cinema Russo – Um Percurso em Cinco Décadas” dá sequência à ótima programação de mostras de cinema que têm ocupado o Cine Brasília. A partir do próximo dia 30/11 até 8/12, serão exibidos sete filmes produzidos na Rússia entre as décadas de 1960 e 2000.

“Solaris” (foto no alto), de Andrei Tarkoviski, se junta a longas inéditos no Brasil, a exemplo de “12 Cadeiras” (1971), de Leonid Gayday, e “Tigre Branco”, de Karen Shakhnazarov.

São obras consentidas pelo regime comunista soviético ou que se beneficiaram do processo de abertura promovido por Mikhail Gorbachev a partir de 1985. Todos eles restaurados em matriz digital.

A mostra resulta de parceria entre a Embaixada da Rússia no Brasil, a Secretaria de Cultura do Distrito Federal e o Cine Brasília, Confira a programação e saiba mais sobre os filmes na galeria:

Dia 30/11 (quinta)
20h – “Braço de Diamante” (1969)

Dia 1/12 (sexta)
20h30 – “O Conto do Czar Saltan” (1966)

Dia 2/12 (sábado)
20h30 – “Noite de Inverno em Gagra” (1985)

Dia 3/12 (domingo)
20h30 – “12 Cadeiras” (1971)

Dia 6/12 (quarta)
20h30 – “O Tigre Branco” (2012)

Dia 7/12 (quinta)
20h30 – “Solaris” (1972)

Dia 8/12 (sexta)
20h30 – “Sonhos” (1993)

____________________________________________________________________

Cinema Russo – Um Percurso em Cinco Décadas
De 30/11 a 8/12, no Cine Brasília,  diariamente (exceto segunda e terça-feiras) às 20h30. Entrada franca.

Anúncios