“A certeza que eu tenho é que não vimos ao mundo para nos matarmos e violarmos uns aos outros” (Abel Ferrara, cineasta, ao Público)

Anúncios