“Fiz os filmes mais inteligentes completamente bêbado e os mais sensatos completamente sóbrio” (Aki Kaurismäki, cineasta, ao Público)

Anúncios