4 filmes nacionais que prometem dar o que falar

Divulgação

Quatro filmes brasileiros com estreias anunciadas para agosto prometem fornecer assunto para qualquer roda de conversa quando chegarem às telas. Questões sexuais e de gênero, a dramática trajetória de um personagem popular da tevê e a volta de Selton Mello como cineasta são os tópicos. Vê se não é pra ficar atento:

“O Filme da Minha Vida”
Porque sendo o ator popular que é, Selton Mello sempre acabará sendo visado também como diretor. Além disso, o segundo filme do cineasta é um ousado drama de época, com presença do ator francês Vincent Cassel.  Johnny Massaro e Bruna Linzmeyer (foto no alto) também estão no elenco. Estreia em 3 de agosto.

“Corpo Elétrico”
Porque vivemos um momento em que tudo que diz respeito a sexualidade, orientação sexual e gênero é motivo de polêmica. O segundo longa de Marcelo Caetano conta a história de Elias (Kelner Macêdo), 23 anos, gay, nordestino, que começa a vida adulta em São Paulo. Tem participaçao de Linn da Quebrada. Estreia dia 17 de agosto.

“Bingo – O Rei das Manhãs”
Porque, pra começar, o filme que conta a trajetória de Bozo, ou do ator que o interpretava, Arlindo Barreto, trocou até o nome do palhaço para evitar interferências de personagens reais. Vladimir Brichta faz o papel principal no primeiro longa de Daniel Rezende (experiente editor do cinema nacional). Estreia dia 24 de agosto.

Priscila Frade/Divulgação

“Como Nossos Pais”
Porque não tem como sair de um filme de Laís Bodanzky sem ter um assunto a ser discutido. A diretora de “Bicho de Sete Cabeças” e “As Melhores Coisas do Mundo” agora trata das pressões vividas pelas mulheres da geração pós-70, com Maria Ribeiro no papel de uma mãe sufocada pela obrigação de ser uma supermulher. Trailer neste link. Estreia dia 31 de agosto.

Anúncios