17 filmes turcos para assistir na Netflix

Divulgação

Netflix é um paraíso para quem adora filmes e séries, mas o serviço de streaming ainda tem muito a melhorar. Um grande defeito: a maior parte do acervo fica praticamente oculta.

A algumas produções você só chegará se buscar por título, ator ou outro dado. Assim, preciosidades permanecem escondidas. É o caso dos muitos filmes turcos disponíveis, mas que quase ninguém sabe.

São produções comerciais, na maioria comédias. Para nós brasileiros, valem ser vistas pela chance que nos dão de conhecermos uma Turquia urbana e cotidiana, longe do exotismo ou de paisagens turísticas.

LPM

Em qualidade, algumas são similares às comédias “Globo Filmes” brasileiras, vale advertir. Todos são legendados em português, mas os títulos estão, na maioria, em turco. Portanto, se tiver interesse em assistir, anote bem o nome. Confira 17 desses filmes:

“Dedemin Fisi” (2016)
Na comédia de Meltem Bozoflu, mais recente do pacote, quatro irmãos e suas famílias fazem planos com a herança que vão receber quando o pai — que sobrevive por meio de máquinas — finalmente morrer.

Drawers (Çekmeceler, 2015)
Drama dirigido a quatro mãos, por Caner Alper e Mehmet Binay. Vítima da obsessão controladora do pai, mulher acaba hospitalizada. Durante a internação, encara fantasmas do passado, descobrindo segredos de família e a si mesma.

“Kocan Kadar Konus” (2015)
Comédia romântica sobre garota de traditional família turca que nunca foi muito convencional em seus relacionamentos. Mas, em certo momento, é obrigada pela família a encontrar um homem com quem casar.

“Deliha” (2014)
É hilária esta comédia escrita e estrelada por Gupse Ozay (primeira atriz na Turquia a conseguir essa proeza). Ela interpreta uma suburbana feia e atrapalhada que nunca teve um namorado, e acredita que encontrou o amor num fotógrafo recém-chegado ao bairro.

“Patron Mutiu Son Istiyor” (2014)
Um misto de comédia e romance, dirigido por Kivanc Baruonu. O protagonista é um roteirista que é enviado a uma vila da Capadócia para escrever uma história. Ali, ele encontra inspiração na convivência com o povo do lugar e num amor inesperado.

Leia também:
Mais 10 filmes turcos para assistir na Netflix
Quatro filmes indianos que estreiam na Netflix
10 filmes coreanos para assistir na Netflix

“Celal and Ceren” (2013)
Uma comédia romântica nada convencional. A começar pelo protagonisya, que foge ao protótipo de galã nem tem nada de sedutor em suas atitudes, pelo contrário. Celal é um canalha. Mas depois da frustrada vida de solteiro, tenta reatar com Ceren.

“Incir Receli 2” (2014)
“Fig Jam” (Geleia de Figo), no título em inglês, é a continuação de um filme romântico homônimo lançado em 2011. Nesta sequência, o protagonista perdeu o amor encontrado no primeiro longa e tenta recompor a vida, quando surge uma nova possibilidade de romance.

“Hükümet Kadm 1 e 2” (2013)
O fato de ter sequência sugere um sucesso de público no país. Dirigida por Sermiyan Midyat, a atriz Demet Akbag (vista também em “Eyyvah Eyyvah”) estrela os dois filmes, sobre mulher de prefeito que assume o trabalho do marido depois de ficar viúva.

“Romantik Komedi” (2010) e Romantik Komedi 2 (2013)
O casamento de uma amiga leva Esra, funcionária de um empresa de logística, a questionar sua vida. Ela decide então, largar o emprego e terminar com o namorado. Mas o destino tem planos bem diferentes para ela.

“Sen Kimsin?” (2012)
Outra comédia. Um detetive atrapalhado e um policial de trânsito são contratados por uma rica mulher para encontrar sua filha desaparecida. Mas os dois enfrentam uma série de pistas enganosas e se metem em inúmeras confusões.

“Zenne Dancer” (2012)
Um dos raros dramas do pacote, trata de tema polêmico: a homossexualidade e os valores tradicionais do país. Baseado em um trágico episódio real, a trama envolve um fotógrafo alemão que se apaixona por um jovem turco, amigo de um dançarino do ventre.

“Çok Filim Hareketler Bunlar” (2010)
Esta é uma comédia de episódios bem desigual. No entanto, o primeiro deles, sobre uma moça que alimenta um amor platônico até conhecer a verdadeira face do amado, é hilário. Quem dirige é Ozan Aciktan.

“Hokkabaz” (2005)
O comediante Cem Yilmaz escreveu o roteiro, protagoniza e divide a direção com Ali Taner Baltaci. No filme, ele interpreta um mágico fracassado que tenta ressuscitar a carreira. Mas mete-se numa fria quando faz uma noiva sumir do palco e ela não volta

“Vizontele” (2001) e “Vizontele Tuuba” (2004)
Nos anos 1970, numa pequena cidade, a população se encanta com a chegada do primeiro televisor. Ao mesmo tempo, a novidade provoca atritos entre os habitantes. O filme de 2004 avança para a década seguinte, quando a Turquia vive um golpe de estado.

“G.O.R.A.” (2004)
Cem Yilmaz, o mesmo ator/diretor de “Hokkabaz”, protagoniza a comédia de ficção científica sobre um vendedor de tapetes que é abduzido por extraterrestres. O filme rendeu uma continuação em 2008, “A.R.O.G.”.

Anúncios